“Plantar Vida na Guiné-Bissau”

A Rádio Renascença viajou até à Guiné-Bissau para conhecer a realidade dos lugares e das comunidades com que a VIDA trabalha todos os dias. 

Ver mais

Impacto

Conheça o impacto do nosso trabalho junto das comunidades na Guiné-Bissau e em Moçambique. 

Olhar mais perto

Projetos atuais

Tabanka Ku Saudi II (programa PIMI II)

Este projeto dá continuidade à implementação da estratégia de Saúde Comunitária nas regiões de Cacheu e Biombo, mantendo a parceria com as respetivas Direções Regionais de Saúde e UNICEF nos 3 últimos anos. A estratégia consiste na manutenção e aperfeiçoamento do funcionamento da rede de Agentes de Saúde Comunitária desenvolvida durante o anterior ciclo de projeto, colocando enfâse na qualidade das informações, das intervenções, e no estudo holístico do seu impacto.

Estratégia para aceleração da Redução da Mortalidade Materna, Neonatal e Infantojuvenil na Guiné-Bissau - Setor Autónomo de Bissau

Em 2015, aceitámos o convite da UNICEF para estabelecer uma rede de Saúde Comunitária abrangendo todas as famílias de Bissau, em parceria com o Ministério da Saúde, técnicos locais e parceiros internacionais, delineando uma nova estratégia que permita caminhar em direção ao ideal de mais e melhor acesso aos cuidados de saúde.

Reforço da capacidade institucional e operacional da direção de Serviço da Saúde Comunitária

A VIDA tem vindo, desde 2011, a consolidar experiência na operacionalização da Saúde Comunitária na Guiné-Bissau. Ao longo da parceria com a equipa da direção do Serviço de Saúde Comunitária, em Bissau, tornou-se evidente a necessidade de capacitação técnica e institucional, mediante as dificuldades reconhecidas por esta equipa. Este projeto visa capacitar a equipa ao nível da coordenação, seguimento e avaliação para assumir a liderança total na implementação do Plano Estratégico de Saúde Comunitária 2016-2020.

Reforço dos serviços de nutrição e capacidade de gestão integrada dos centros saúde dos setores e S. Domingos e Bigene - região de Cacheu

O nosso futuro é hoje - Fortalecimento da resiliência alimentar e ambiental das famílias vulneráveis de Matutuíne

Somos Moçambique

Principais áreas de intervenção

%

Saúde

%

Desenvolvimento Rural

%

Educação

Testemunhos

Em todos os projectos, os homens e mulheres guineenses são actores do seu presente e do seu futuro e na equipa, curta mas muito dedicada e profissional da VIDA, encontram parceiros que os respeitam e envolvem. [mais]

Paula Borges

Jornalista, RDP África

“Não lhe dês o peixe, ensina-o a pescar” é um conhecido provérbio chinês que, creio, pode resumir o trabalho feito pela VIDA. É em conjunto com a população alvo do seu trabalho que decidem o que é premente, o que faz falta, o que pode ser melhorado, sempre a pensar no bem da comunidade. [mais]

João Cunha

Jornalista, Rádio Renascença

Como Participar

Doações Individuais

 

Saiba mais

Empresas

 

Saiba mais

Escolas

 

Saiba mais

Destaques

Medidas de contingência face à situação pandémica de Covid-19

A VIDA tem acompanhado a evolução da atual situação pandémica provocada pela infeção COVID-19. Por esse motivo, adoptámos medidas de contingência, agora em curso, com o objetivo de proteger todos os colaboradores, e permitindo simultaneamente dar continuidade à nossa atividade.

Encontro de líderes comunitários no Centro Desenvolvimento Comunitário de Djabula, em Moçambique

A 24 de março, reunimos os líderes comunitários do distrito de Matutuine, Moçambique, para um encontro no Centro de Desenvolvimento Comunitário de Djabula, sobre a Gestão de Recursos Naturais na Comunidade.
O projeto “O nosso futuro é hoje: Fortalecimento da Resiliência Alimentar e Ambiental das comunidades do distrito de Matutuine” é cofinanciado por Camões, I.P. e Fundación Ayuda en Acción.

Somos Moçambique - 1 ano depois do ciclone Idai

Há um ano, a 14 de março de 2019, o ciclone Idai atingiu Moçambique, deixando um rasto de destruição significante. A VIDA, FEC – Fundação Fé e Cooperação e FGS – Fundação Gonçalo da Silveira continuam a trabalhar juntas para apoiar e reforçar a capacidade de resiliência das famílias do bairro Manga Mascarenhas, na Beira, afetadas pelo ciclone.

O projeto “Somos Moçambique” é cofinanciado por Camões, I.P., Campanha Somos Moçambique em Portugal, Fundo de Apoio à Reconstrução de Moçambique e Fundação Calouste Gulbenkian.

Iniciativas Locais para Transformações Globais